Marvel Lima is José Penacho, Diogo Vargas, Luis Estanque, João Romão and Diogo Marques, a band based in Lisbon, Portugal but originally from a hot and arid portuguese region called Alentejo, key factor on their sound influence.

From those idyllic and bittersweet landscapes, voices, percussions, synths, guitars, bass and drums recreate a distorted ambience for a time-travelling journey, through the golden age of psychedelic rock passing by nowadays contemporary music, with a strong mediterranean flavoring and a assumed latin influence.

Their first album preview called “Mi Vida”, a grooved-synth-prog-pop-rock track that served as a calling card on their debut album and a ticket for their first national shows and with “Fever”, their second latin-surf-rock-rhythmic fueled single, it gained prominence as an emerging bet on the alternative portuguese music scene.

With their first release, marked by their creative rhythmic session and their 70’s-influenced-synthesized textures, Marvel Lima shows itself as a sui generis band that can easily make you dance on the Tabernas desert and simultaneously mosh pit on a Yes concert.

Marvel Lima, quinteto oriundo de Beja, é constituído por José Penacho, Diogo Vargas, Luis Estanque, João Romão e Diogo Marques, banda sediada em Lisboa mas nascida nas quentes e áridas planícies do Alentejo, factor-chave na sua sonoridade.
“Mi Vida” é o single de apresentação do grupo, com um groove synth-prog-pop-rock este tema serve de apresentação para o primeiro álbum da banda, levando os primeiros concertos a diversos pontos do pais e com “Fever“, o segundo single a banda tornou-se uma aposta para o futuro dentro da música alternativa portuguesa.
O álbum de estreia da banda bejense foi lançado no final de 2016 e este trabalho espelha a identidade da banda de forma coesa e cheia de dinamismo, com muito groove à mistura.
Entre vozes, percussões, sintetizadores, guitarras, baixo e bateria, este projeto recria a ambiência distorcida de uma viagem temporal entre os anos originais do rock psicadélico e a música contemporânea de hoje, com um forte tempero mediterrâneo e assumida influência latina. Uma mistura de géneros, onde rock psicadélico, congas e groove são hashtags de um álbum marcado pela sua criativa seção rítmica e pelas suas texturas sintetizadas influenciadas pelos 70’s.