Mr. Herbert Quain employs aged sounds and samples to take his songs somewhere older and innovative, nostalgic and forward looking, bizarre and familiar.
His live-act exports these vectors to shape a space where strong beats coexist with textures, slow-tempo knows unexpected accelerations and the images lead the narrative.

Mr. Herbert Quain (ou Manuel Bogalheiro) foi o responsável por uma das mais auspiciosas estreias dos últimos anos: “How I learned to stop worrying and start loving the waiting” (2012) é um trabalho de resgate notório, em que os primórdios de Hollywood são evocados através da estética granulada e uma minuciosa técnica de sampling e micro- sampling. Desde então, lançou mais um LP em 2014, “Forgetting is a Liability” e apresentou o seu LIVE em palcos como o Lux Frágil, Musicbox, Indústria, Plano B e o RBMA Boiler Room Lisbon, ou em festivais como o LISB_ON Jardim Sonoro, o NÓS D’Bandada ou o NEOPOP Electronic Music Festival.